O Projeto

A Liga Amar Vôlei “nasceu” a partir de uma ideia e uma necessidade. Os professores das Escolinhas Municipais de Voleibol da região estavam sem uma competição próxima e estruturada para trabalharem com seus alunos, e esses viessem a disputar jogos como forma de objetivo, para permanecerem junto ao Esporte.

Boas Ligas de Voleibol ficam longe de nossos municípios e contam com taxas muito elevadas, tornando inviáveis os custos para as Prefeituras e o transporte dos jovens atletas para a disputa dessas competições.

Pensando nessas dificuldades, os professores Emílio (Voleibol Cafelândia) e Francisco (SEMCLATUR Lins) se uniram para elaborar uma competição apropriada, para suprir essa necessidade em objetivar os trabalhos municipais da modalidade Voleibol.

Logo Amar Vôlei

A primeira edição do evento aconteceu no ano de 2005, ainda com o título de COMARV (Copa Marechal Rondon de Voleibol) e depois de uma análise dos organizadores, que constataram o AMOR que os profissionais apresentavam pelo Voleibol e pelos seus alunos, ficou decidido que a competição teria o nome de AMAR VÔLEI, com o slogan: LIGA REGIONAL DE VOLEIBOL.

A regionalização das sedes, a redução das taxas, o sistema de disputa em forma de festivais e o convívio amigável entre os organizadores e representantes das equipes, tornaram a AMAR VÔLEI uma das principais competições para as categorias de base da região.

A boa organização tornou popular a AMAR VÔLEI, ampliando o raio de atuação. Outrora em 2005 começamos com as equipes de Avanhandava, Adolfo, Bilac, Birigui, Cafelândia, Lins, Penápolis, Pongaí e Promissão. Já na edição 2015, além dessas participaram Araçatuba, Botucatu, José Bonifácio, Mirandópolis, Mirassol, Iacanga, Indiaporã, Jaú e Valparaíso. E o crescimento não para, porque, para a temporada 2016, já estão inscritas a maioria das entidades citadas e a proposta da inclusão de novos participantes como Agudos, EVB-Marília, Projeto Oásis de Pompéia e Santo Antônio do Aracanguá.

Para esse ano, os idealizadores criaram uma empresa para fornecer toda a documentação fiscal necessária para as Prefeituras e com isso, trazer uma transparência e uma idoneidade, ainda maiores para a Liga.